TAMANHO DO TEXTO AA
Comunicação e Arte / Publicada em: 18/12/2014
São Paulo, a terra do graffiti
Reduto de grandes gênios da arte, São Paulo vem se destacando cada vez mais ao ser um museu a céu aberto.

 
São Paulo é uma cidade multicultural, nela encontramos diversos tipos de expressões culturais.
O graffiti é uma dessas formas que vem ganhando espaço pela cidade e colorindo cada vez mais as paredes cinzentas da nossa capital.

O grafiteiro António Mosko, começou a grafitar pelas ruas de São Paulo em 2002, e atualmente é um artista de rua profissional.

Para ele o Brasil está abrindo o espaço para o graffiti e isso se dá graças a dedicação dos próprios artistas que espalharam suas artes pela cidade e dão valor artístico para várias comunidades também. “Somos um pais muito liberal com está arte, não totalmente, mas é tolerável pintar na rua hoje em dia.”

Por isso, a nossa reporter Mariana Prates foi as ruas  e quis saber a  opinião dos cidadãos sobre o graffiti, você pode conferir as opiniões no áudio abaixo.

ARTE NA OBRA

A prefeitura de São Paulo vem incentivando o graffiti pela capital. Em 2013 foi lançado o projeto “Arte de Obra” onde diversos artistas colaboraram para colorir os tapumes da futura linha lilás do metro.

A repórter Mariana Prates foi até as futuras estações e filmou os grafites que tem por lá.


PARA CONHECER

Em São Paulo para onde olhamos tem um desenho nos muros, paredes e calçadas desenhos pequenos ou grandes já fazem parte do nosso cotidiano.
Mas existem lugares onde o graffite já virou referência, para quem vai visitar e para os próprios artistas.

Selecionamos os cinco lugares mais legais para quem quer ver os artistas trabalhando, ou apenas ver os belos desenhos.

websitewer
 

A nossa repórter Mariana Prates também percorreu alguns lugares da capital e registrou os grafites mais legais que encontrou, veja abaixo

 

 

MARIANA PRATES
Publicada em: 18/12/2014
Indique ao amigo
Modo de impressão
+ NESTA EDIÇÃO

© Copyright 2011 - Momento Online. Todos os direitos reservados.