TAMANHO DO TEXTO AA
Saúde / Publicada em: 18/12/2014
# Moda Fitness
A tecnologia vem ajudado muito no dia a dia, mas será que isso se reflete também, nos hábitos alimentares e comportamentais?

 

A mudança de hábito influenciada por redes sociais está cada vez mais comum entre os jovens. Com a popularização das redes fica mais fácil saber o que o outro está fazendo, o que está comendo e por onde anda. Essa facilidade contribuiu para a “Moda Fitness”, que são os seguidores dos atletas de culturismo. Muitos não estão interessados em competir, mas apenas em ter o corpo sarado para depois exibir na internet. Até que ponto esse comportamento pode influenciar para o bem e onde ele pode ser prejudicial.

Para especialistas a preocupação com a alimentação e essa mudança de hábito é louvável, porém é necessário cuidado. Jejuns prolongados, dietas da lua, da sopa, dos shakes, das estrelas, dos líquidos, definitivamente não fazem sentido algum. A Nutricionista Jessica Vaz Franco conta qual caminho devemos seguir para conseguir uma vida equilibrada e saudável. “A questão é: precisamos sim nos alimentar de 3 em 3 horas, precisamos inserir frutas, verduras e legumes na nossa alimentação, não precisamos ser inimigos do carboidrato, nem da proteína, nem do lipídeo, nem do glúten, nem da lactose, nem da gema do ovo” diz Jéssica.

Ficar longos períodos sem nos alimentar não é sinônimo de vida saudável, o nosso organismo precisa “trabalhar” e o “combustível” necessário para que isso aconteça são os diversos nutrientes que adquirimos nos alimentos. A combinação entre carboidrato e proteína na quantidade certa, é magnífica! Não podendo nos esquecer das vitaminas, minerais e água. Nenhum desses elementos pode faltar, assim como nenhum pode estar em excesso.
 

 

Influencias das redes sociais

foto: Run 2 Fit Academia


Hoje as redes sociais estão lotadas de “famosos fitness”, a facilidade de autopromoção e divulgação pela internet, tem influenciado muitas pessoas, tanto na parte positiva quanto negativa. Segundo o professor de Educação Física e presidente da Federação Paulista de Culturismo (IFBB), Bráulio França, as redes sociais contribuíram também para o aumento de atletas na federação e consequentemente no mercado fitnes. Quem segue esse padrão, mesmo que não participe de competições, automaticamente já é um ídolo na internet. Para o professor, ficar famoso no instagram é a necessidade de muitas pessoas.
Nem sempre essa influência na mudança de hábito pode ser para o bem. O mercado de fitness cresceu e com isso surgiram redes de academias, e muitas delas seguiram um modelo americano onde não têm professor, assim o próprio aluno pode “criar” sua série de treinos. Para Bráulio França essas redes de academias desvalorizam o profissional de Educação Física.
Segundo Bráulio, o uso das redes sociais pode ser dividida em meio-a-meio, já que também têm contribuído bastante para uma mudança de hábito na população. A preocupação maior, segundo ele, é o abuso de informação nas redes sociais e o uso de substâncias que prejudicam a saúde. “Isso que é o maior problema hoje, para a população em geral, o uso de anabolizantes esteroides. Em redes sociais tem gente vendendo”, afirma. O mercado negro também tem crescido ao redor dessa indústria fitness, afirma Bráulio.

Veja mais no vídeo: 
http://bit.ly/12aucgD

O infográfico abaixo, mostra como as academias vêm crescendo nos últimos anos:

 

Mudança para o bem

Danila Caroline.

Antes das dietas, série de treinos e muita disciplina, a universitária Danila Caroline, sofria com problemas de saúde e baixa autoestima. Segundo especialistas, as atividades físicas têm um papel importante no equilíbrio emocional.

Danila, conta que foi bem difícil sair do comodismo, tentou por várias vezes frequentar uma academia e só após muitos anos adquiriu disciplina. Sua dieta começa a partir do momento em que levanta da cama, “Acordo, tomo meu café da manhã, preparo as marmitas, procuro sempre comer de 3 em 3 horas - ajuda a acelerar o metabolismo”, diz. Após a mudança de hábito a jovem que é formada em design de interiores decidiu mudar também de área e hoje cursa Educação Física.

Estar na área tem ajudado a entender melhor sobre os efeitos de cada alimento no organismo. “Acho que a primeira coisa a se fazer é traçar seus objetivos, mas sem cogitar a hipótese de desistir. Realmente não é fácil deixar as besteiras de lado, mas precisamos pensar que o esforço de hoje será a recompensa de amanha”, conta Danila.
A jovem também curte publicar suas fotos de treinos e dietas no instagram. O exemplo dela foi positivo, e mostra que as redes sociais não pregam só o culto ao corpo, mas levam as pessoas a uma mudança de hábito que pode ser sim saudável.
Quem quiser ver as dicas da Danila e acompanhar a evolução é só seguir: @daan_caroline

Dicas com quem sabe

foto: Run 2 Fit Academia


A utilização de medicamentos, atividade física, ou seja, o que Maria precisa ingerir/consumir durante o dia não é o mesmo que João precisa, fala a nutricionista Jéssica. Ela alerta para tomar cuidado com o que você segue de dieta. “O que seu ídolo consome e posta nas redes sociais não vai fazer você adquirir a cara dele, pois o que ele precisa, não é o mesmo que você precisa”, afirma a profissional.
Ela ainda alerta para o uso dos suplementos. O uso deles é exatamente como é descrito no nome vem de suprir, agregar e somar, ou seja, o que não se consegue com a alimentação pode se completar com um suplemento, reforço “completar” e não “substituir”. Então não saia por ai comprando suplementos ‘x’ só porque o seu atleta favorito consome. “Quando se pratica atividades físicas, dependendo das quais, aumenta-se a necessidade de consumo para alguns nutrientes e a melhor forma de saber como/quando/porque se deve consumir é através de um especialista”, explica Jéssica.
O nutricionista é o único profissional hábil para conversar sobre alimentação, acredite nele. Ele é responsável pela reeducação alimentar.

 

Então na hora de começar uma mudança é necessário procurar um nutricionista e quando for praticar exercícios é ideal o acompanhamento de um profissional de educação física. Com essas dicas o maior ganhador de ‘likes’ vai ser sua saúde e bem estar.

Jéssica Vaz Franco, Graduanda em nutrição

Universidade Paulista

 

Veja galeria completa de fotos: 

https://www.thinglink.com/user/594939776054853632/scenes

MARIANA PAULINO SOUZA, Rebeka Benevido, Nathália Andrade, Roberta Perri, Helionéia Paula.
Publicada em: 18/12/2014
Indique ao amigo
Modo de impressão
+ NESTA EDIÇÃO

© Copyright 2011 - Momento Online. Todos os direitos reservados.