TAMANHO DO TEXTO AA
Comportamento / Publicada em: 16/04/2010
E a páscoa continua (quase) a mesma
Novos hábitos levam consumidores a ignorar restrição a carnes vermelhas na Semana Santa

Não existe um pedido explícito ou oficial da Igreja Católica obrigando a prática do jejum ou a proibição da carne vermelha durante a Semana Santa. No entanto, muitos brasileiros seguem esse costume e se alimentam exclusivamente de peixe e frutos do mar nesse período.

Quem ganha com essa tradição são os donos de peixaria. João Walber, vendedor que traballha em peixarias no mercado municipal de São Paulo, informa que as duas bancas onde atende venderam mais de 500 quilos de Corvina durante a Semana Santa. Walber percebe, no entanto, que o costume alimentar dos brasileiros na Semana Santa tem mudado, ou seja, mais do que nunca, nos 13 anos que trabalha com venda de peixes, muitas pessoas estão divididas entre o consumo de peixe e carne.

Essa mudança de hábitos também é percebida pelo comerciante Rivaldo Cavalieri. Dono de um açougue no Mercadão, Cavalieri vendeu 400 quilos de carne vermelha neste período, sendo que as mais procuradas foram carnes de cordeiro, coelho, cabrito e vitela. “Essa tradição já deixou de existir há muito tempo”, diz.

Na dúvida entre peixe e carne, o comerciante Manolo Salgado vende os famosos pastéis de bacalhau e o sanduíche de mortadela, mantendo a tradição de 76 anos da família. Ele confirma que as pessoas já estão variando a alimentação na Semana Santa, persistindo ainda, claro, o consumo de peixe em respeito à Igreja. Salgado, que costuma vender 500 sanduíches de mortadela nos finais de semanea, vendeu apenas 80 unidades entre a Sexta-feira Santa e o Sábado de Aleluia.

Deli da Silva não acredita mais nesse costume: “Até que eu respeitava quando era pequeno. Hoje, minha alimentação nesse período depende da casa onde que eu for almoçar”, responde sorrindo. Entre o “bem e o mal”, o eterno frequentador do Mercadão provou o sanduíche de mortadela, o pastel de bacalhau e aproveitou para beber uma cerveja bem gelada.

TATIANA GONÇALVES DE ANDRADE
Publicada em: 16/04/2010
Indique ao amigo
Modo de impressão
+ NESTA EDIÇÃO

© Copyright 2011 - Momento Online. Todos os direitos reservados.